Pesquisa personalizada

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Temos Vagas para Salmistas!


Constantemente vemos nos Salmos (Livro da Bíblia designado`comportar os louvores espirituais de Israel) expressões que exaltam, valorizam, profetizam os valores espirituais e morais de Deus para com o homem.

O Rei Davi, o responsável pela maioria dos Salmos existentes, quando escrevia seus salmos, compunha nestes, verdadeiros poemas de referência ao Bendito Deus; confessava tanto sua gratidão, quanto suas angústias e dúvidas em si introspectadas; hoje, temos verdadeiros poemas, letras bem elaboradas, acompanhadas de verdadeiras harmonias, que sem dúvida, provém do mais profundo do coração humano, contudo, tais composições em sua boa parte não caracterizam uma expressão de louvor a Deus. O que aconteceu com os Salmos? sabemos que, o filho de Jessé, o sétimo da sua linhagem, guardava em sua jovem vida, experiências profundas com o Eterno, era portador do privilégio de ser um dos poucos personagens bíblicos, no qual "vinha o Espírito do Senhor", e o único ao qual pode ser chamado "Homem segundo o coração de Deus". Este mesmo Davi conta: "Cantai ao Senhor um novo cântico" ou "Todos que tem fôlego lovem ao Senhor, Louvai ao Senhor". Deus Habita no meio dos Louvores, existem categorias de Anjos (Serafins = Ardentes ou Flamejantes), que sua primordial atuação é o louvor ao Senhor diantes de sua Santidade, dia e noite, cantam: Santo, Santo, Santo... e não por conhecidência, um desses serafins vôou até o profeta Isaias e com uma tenaz contendo uma brasa viva, acesa, flamejante, extraída direto do Trono do Altíssimo, tocou seus lábios purificando o homem de Deus de Toda impureza.

Quantos Grupos, cantores, quartetos, corais, não mais declaram seus salmos ao Maravilhoso e tremendo Deus? quantos declaram publicamente que não mais irão cantar o EVANGÉLIQUÊS, e que ao invés disso serão denunciadores dos problemas sociais que assolam o homem... não esqueçamos do salmo de Asafe (Salmo 73), que mediante as injustiças sofridas pelos justos "Salmodiou ao Senhor"... quantos já falaram orgulhosos que 90% de suas composições não eram produtos extraídos da Palavra da Verdade, e sim, fruto de sua mente, que ao serem escutados nada mais são do que obras de homem, bonitas, agradáveis, porém, sem o sustento do espírito de Cristo, Declaração que mais se assemelha a afirmativa da Serpente no Jardim: "Sereis como Deus" ou ao silêncio de Eva mediante tal proposta.

Vigiemos, pois o mundo Espiritual não está para brincadeira; em contra partida vemos dia após dia, mais e mais obras que exaltam e difundem com veemência as obras e intentos do seu reino, o das trevas.

O que aconteceu aos salmistas? Temos um relato bíblico sobre dois saerdotes, Nadabe e Abiú, os filhos de Aarão que foram consumidos por trazerem fogo estranho diante do do Senhor (Nm 3:4). Temos que ter cuidado de saber o que levamos ao altar; Deus não aceita qualquer tipo de fogo, louvor, oferta, sacrifícios, holocaustos. Deus se cansa dos Holocaustos oferecidos sem sentido; não comercialize no lugar santo, não toque nos vasos sagrados, não mude o modo como Deus estabeleceu que sua presença deveria ser conduzida e quem deveria conduzila, Deus não se deixa escarnecer!!! Restituamos ao Eterno o que é seu por direito, não neguemos a expressão maior de nossa alma aquele que merece TODO louvor!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...