Pesquisa personalizada

sábado, 1 de março de 2008

Carta de Resposta á um Testemunha de Jeová




Paulista, 16.12.2005


Ao Sr. José Lourenço da Silva

Caro Colega:

Cumprimentando-o Primeiramente, espero que esta o encontre com plena saúde e gozando de toda sorte de bênção possível, desculpando-me por dirigir-me ao prezado de forma tão distante; desejo expressar a imensa alegria de poder pautar assuntos sacros, que a muito tem sido motivo de grande discordância entre filosofias cristãs como as nossas, contudo, não deixam de ser cativantes, e por vezes, intrigantes a ponto de perdurarem até hoje entre um modo pensante e outro.
Freud, o pai da Psicanálise, mesmo não crendo em Deus, cativava algumas amizades cristãs, como é o caso de seu correspondente e amigo o Pastor Oscar Pfister, que mantinha um relacionamento de alta camaradagem, onde ambos mostravam admiração pela pessoa do outro, esqueciam de suas discordâncias, aproveitando o que um poderia proporcionar ao outro através de suas teses. Não quero dizer com essas palavras, que teremos um dialogo de concordâncias, e sim, uma conversa de exposição de teorias, onde teremos a oportunidade de, civilizadamente, conhecer pontos de vista, objetivando chegar a um denominador comum. Não temo que surja entre nossa prazerosa conversa, alguma fagulha de intriga, pois sabemos que se trata de teorias divergentes, no tocante de pontos como a Deidade de Cristo, por exemplo, no que pretendemos defender nossas teses à luz da Palavra Santa, sem que tenhamos um retorno positivo da parte ora passiva. Vale ressaltar, a grande diferença entre a Tradução Russelita Novo Mundo, e as demais versões baseadas em Traduções de João Ferreira de Almeida; Por alto soube que, Charles Russel, era membro da Igreja que hoje conhecemos como Adventista do 7º dia, e sentiu a necessidade de retraduzir a bíblia, por não encontrar nesta coesão ou concisão em textos até então considerados bases da fé Cristã, nascia então a Tradução Novo Mundo, que hoje é usada pelos Membros do Salão do Reino da Testemunhas de Jeová; com isso muito do que vou citar de referências bíblicas estarão modificadas na tradução que o caro amigo possui, o que sugiro estar de posse de versões contemporâneas de João Ferreira de Almeida, ou se ainda preferir, tenha em mãos a Bíblia de Jerusalém ou Tradução Brasileira, pois são consideradas pelos críticos e estudiosos Bíblicos, a tradução mais fiel dos originais gregos, hebraicos e aramaicos, extraídos da Tora e Cânon. Como ponto de Justiça, irei utilizar como base sempre uma das duas Versões Citadas a pouco, para assim basear as teses ora discutidas. Possuo uma versão novo mundo de inglesa de 1961, revisada em 1977, sei que está um pouco desatualizada, mas foi a única que consegui como exemplar.




Pretendo começar nosso papo, com uma resposta ao seu poema “Porque sou Testemunha de Jeová”, o meu poema chama-se "Porque não sou Testemunha de Jeová":







Porque creio que Jesus
É o verbo que tudo fez,
Que tudo criou,
E sem Ele
Nada do que foi feito se fez.
Fomos feitos suas testemunhas!!!
(João 1: 1,3/Gênesis 1:3/Atos 1:8)

Deus é um título soberano
Composto por três: Jeová, Jesus Cristo e o Espírito Santo,
e que estes (os quais adoro!!!),
nunca agiram em discordância ou individualismo
(1ª João 5:7/João 1: 1~3, 10 /Gênesis 1: 1~3/Cl 1: 16 Fl 2: 5~8 )

Porquê creio na promessa de Vida Eterna,
no Perdão dos Pecados,
e na manifestação do que seremos: Semelhantes a Ele!
Creio que Jesus Cristo é Deus.
(1ª João 5: 11~13; 2: 9; 3:2~3; 5: 20/Cl 3:4)

Pois creio no consolador
Que o pai enviou no nome do Senhor,
com carinho e amor, a fim de me fazer melhor,
para sua glória e louvor!!!
(João 15: 26; 16:7/Cl 1: 16 /Fl 2: 9~11)

João Batista Gregório Jr.











Figura 01



Seguindo o ideograma (Fig 01), tento explicar nossa crença no Deus trino; Sabemos que não há na bíblia, o nome Trindade, contudo há trechos bíblicos que indiretamente, referem-se à natureza tricotômica de Deus. Fica fora de cogitação a passagem de 1ª João 5: 7~8, como podemos ver no APÊNDICE (abaixo), a tradução de João Ferreira de Almeida, diverge das demais, inclusive da Vulgata. Contudo, esse seja o principal versículo que nós evangélicos usamos para explicar sua crença na trindade, a abrangência bíblica sobre a mesma não se encontra só nesta passagem, e sim em inúmeros lugares, onde vemos Deus pluralizando o verbo Criar (fazer), é o caso de gênesis 1:
"26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; ... 27 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. "
Quem é como a semelhança de Deus senão o próprio Deus? Discordo do ponto de vista russelita, em que afirma que Deus se consultara com os anjos, pois se assim o fosse, não teríamos a afirmativa que se refere ao homem como imagem de Deus. Como vemos na fig. 01, Deus não se trata do nome da Divindade, mas do grupo (ou categoria) a que este integra/integra, ou seja, Deus é um Título de Soberania. Contudo existe o argumento baseado em Cl 1: 15, onde Jesus é Chamado de primogênito de toda Criação, onde os senhores do Salão do Reino afirmam que isso é uma evidência de que Jesus é um ser criado e criador de todas as OUTRAS COISAS (Tradução Novo Mundo); contudo, o sentido da palavra primogênito aqui, é o de PRIMEIRO QUANTO A POSIÇÃO, afirmamos isso baseados em Êxodo 4:22, onde Deus chama Israel de PRIMOGÊNITO, referindo-se quanto a posição deste acerca das demais nações; o mesmo acontece com Salmo 89: 27, quando Deus declara que colocará como, ou seja, Ele o tornará como primogênito, herdeiro, preeminente, ou primeiro quanto a posição dos demais; podemos aplicar o mesmo princípio a Cl 1:15, mesmo ele não sendo criado, a palavra de Deus refere-se a Jesus como primeiro, Para que em tudo tenha preeminência (Col 1: 18).
Jesus é revelado na Palavra como o CRIADOR (atributo esse de Jeová), em 1ª Jo 5: 20 encontramos:

Sabemos também que já veio o Filho de Deus, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro; e nós estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.


De acordo com as melhores traduções (Tradução Brasileira) e a vulgata, temos:


Sabemos mais que o Filho de Deus veio, e que nos deu entendimento, para que conheçamos o verdadeiro; e nós estamos no verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.(T.B)

et scimus quoniam Filius Dei venit et dedit nobis sensum ut cognoscamus verum Deum et simus in vero Filio eius hic est verus Deus et vita aeterna (Vulgate)

Sobre o Espírito santo, ele é chamado de Deus, tratado como um ser pessoal (Atos 5:1~4):

1 Mas um homem chamado Ananias, com sua mulher Safira, vendeu uma propriedade, 2 e reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, depositou-a aos pés dos apóstolos. 3 Pedro disse-lhe: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço do terreno? 4 Porventura se não o vendesses, não seria ele teu; e vendido, não estava o preço no teu poder? Como formaste este desígnio no teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus. (T.B)

1 vir autem quidam nomine Ananias cum Saffira uxore sua vendidit agrum 2 et fraudavit de pretio agri conscia uxore sua et adferens partem quandam ad pedes apostolorum posuit 3 dixit autem Petrus Anania cur temptavit Satanas cor tuum mentiri te Spiritui Sancto et fraudare de pretio agri 4 nonne manens tibi manebat et venundatum in tua erat potestate quare posuisti in corde tuo hanc rem non es mentitus hominibus sed Deo (Vulgate)


APÊNDICE
Sobre 1ª Jo 5: 7 e 8


>Vulgata: “7 quia tres sunt qui testimonium dant: 8 Spiritus et aqua et sanguis et tres unum sunt”

>João Ferreira de Almeida: “7 Pois há três que dão TESTEMUNHO NO CÉU: O PAI, A PALAVRA E O ESPÍRITO SANTO; E ESTES TRÊS SÃO UM. 8 E TRÊS SÃO OS QUE TESTIFICAM NA TERRA: o Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito.”

> Linguagem de Hoje: 7 Há três testemunhas: 8 o Espírito, a água e o sangue; e esses três estão de pleno acordo.

>Tradução Brasileira: 7 e o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade.8 Pois três são os que dão testemunho, o Espírito, a água e o sangue, e estes três concordam.

>Bíblia de Jerusalém: “Por que são três as testemunhas: 8 o Espírito a água e o sangue, e os três tendem ao mesmo fim.


Perguntas que gostaria que fossem respondidas:


· Em nome de quem devemos nos reunir?(Mt 18:20)



· A qual nome os demônios se submetem?(Lc 10:17; At 16:18)



· O Arrependimento e o perdão dos pecados, devem ser pregados em nome de quem?(Lc 24:47)



· Em qual nome devemos crer para receber o perdão dos pecados?(Jo 1:12; 3:16; At 10:43; 1ª Jo 3: 23)


· Qual nome – e nenhum outro – há salvação?(atos 4:12)


· Qual nome deve ser invocado para obter-se resposta na oração?(Jo:13,14; 15:16; 16:23~24)


· Em nome de quem o Espírito Santo foi enviado?(Jo 14:26)


· Que nome e autoridade foram invocados pelos discípulos na cura de doentes e paralíticos?(At 3: 4~6,16; 4: 7~10, 30)


· Que nome deve ser invocado segundo o Apóstolo Paulo?(1ª Co 1:2)


· Que nome está acima de qualquer outro nome?( Ef 1:21~23; Fl 2 09~11)


· De quem devemos ser testemunhas?(At 1:8)


· Se Jesus teve um papel secundário na criação, porque é dito da criação que por intermédio de Cristo (Jo 1:3) ela veio a existir? Temos que concluir sobre Jeová, que a criação veio por intermédio dele(Rm 11:36; Hb 2: 10), e por isso seria a primeira criação? (Ap 21: 6) Se uma mesma palavra usada para descrever o trabalho de Jeová na criação, assim como o de Jesus, tal situação não vai de encontro ao argumento de afirmar que Cristo teve uma participação secundária?


· Ou, o que dizer, em relação a Is 44: 24, onde encontramos:
“Assim diz o Senhor, teu Redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o Senhor que faço todas as coisas, que sozinho estendi os céus, e espraiei a terra quem estava comigo?”
Como poderíamos conciliar essa declaração com a hipótese que Jeová tenha criado Cristo que criara todas as coisas?


· Em Cl 2:9 diz: “porque nele habita corporalmente toda a plenitude (Sm.: Plenamente, Absolutamente, etc.) da divindade,” se Jesus não é Deus, como explicamos este versículo?



Finalizando, gostaria de agradecer a oportunidade concedida pelo Ilmo. Amigo, desejando que em sua caminhada ao conhecimento, encontre tanto o que procuras, embora saibamos que Jeová é amor, ele também é justiça, e aquele que não invocar o Nome Senhor não será salvo (Rm 10: 13, Atos 2: 21), pois não há outro Nome pelo qual devamos ser salvo, senão pelo Nome de Jesus Cristo, o verdadeiro Deus!!! (Atos 4:12) Seja uma Testemunha do Senhor Jesus (Atos 1:8), foi para isso que Ele veio!

Sem mais,

João Batista Gregório Júnior




Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...