Pesquisa personalizada

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Teólogos e lideranças da sociedade civil discutem relações entre fé e cidadania


Professores, pesquisadores, estudantes e lideranças da sociedade civil estiveram reunidos, no início de julho, para debater sobre fé e cidadania no Simpósio Internacional sobre Teologia Pública na América Latina. A teologia pública é como teólogos e cientistas sociais têm chamado o espaço de encontro da teologia com a busca pela justiça e reafirma o propósito cristão de vivenciar a fé de forma relevante para a sociedade. O evento aconteceu em São Leopoldo, Rio Grande do Sul e lançou o Instituto de Ética e Teologia Pública das Faculdades EST, que deve dar seqüência a pesquisas e reflexões sobre o tema.

A interação com outros campos do saber foi marcante no evento, que procurou aprofundar também o debate no diálogo com outros contextos, como a África do Sul, e a possibilidade de uma teologia pública crítico-construtiva a partir de reflexões amplas e multidisciplinares. Outro foco do Simpósio foi a contribuição, com as discussões realizadas, para o debate acadêmico entre as ciências e a sociedade acerca de valores éticos e o pluralismo religioso no Brasil.

O evento também abordou sobre a necessidade de pesquisa em teologia pública e sua relevância para relacionar a prática religiosa com a atuação transformadora na sociedade. A teologia pública possui inspiração na teologia da libertação, que foi um movimento teológico que associou fé a ações direcionadas à mudanças nas estruturas sociais. A partir deste princípio, o objetivo é refletir sobre a participação política e a cidadania à luz de valores éticos e humanizantes.

Primeiro passo

Para o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa das Faculdades EST, Rudolf von Sinner, o debate sobre Teologia Pública no Brasil e a na América Latina está apenas começando e o evento e o lançamento do Instituto são os primeiros passos nesta direção. Ele saliente que o objetivo é refletir o papel da religião no espaço público, sem que haja imposição religiosa sobre o estado e a sociedade. "Como visa uma contribuição cristã, o respeito diante do pluralismo, inclusive religioso, é fundamental. Para esta mútua aprendizagem, cooperação e convivência na base da confiança, a Teologia Pública busca o diálogo com outras religiões e setores da sociedade", explica o professor.


Copiado do Site Gospel+
Fonte: Agência Soma

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...