Pesquisa personalizada

sábado, 15 de maio de 2010

O que é a PL 122/2006?

Manipulção e imposição, esta seria as palavras que melhor definiriam o Projeto.


Gil Teobaldo, 77, Advogado por profissão há 54 anos, e pai de José Ramos Lopes Neto - Ex-marido e réu confesso de Maristela Just - Foi infeliz em algumas colocações sobre sua opnião e insatisfação com a Justiça atual.



O Sr. Teobaldo, afirmou em Claras Palavras sua insatisfação com a atual redação do Código Penal sobre o Adultério, e completou tecendo Críticas depreciativas sobre O LGBTT (lésbicas, gays, simpatizantes, transsexuais e transgêneros).



Por causa da expressão 'LOTE DE CABRA-SAFADO', onde assim classificava aqueles que votaram e aceitam o adultério e o homossexualismo como algo comum e inerente a natureza dos seres humanos, o advogado poderá ser suspenso por 30 a 90 dias, ou levar uma sensura, falou o Presidente da OAB-PE, Henrique Mariano.


Aproveitando o gancho deixado pelo Drº Teobaldo sobre o apoio que este deu a seu filho quant ao homicídio de Maristela Just, o Senhor Jayme Asfora, Presidente Nacional de Direitos Humanos da OAB, firmou a posição da entidade no reconhecimento da população LGBTT, execrando com repúdio as declarações do advogado, posicionou-se a favor da expulsão do advogado como mais de 54 anos de serviços prestados, dos quadros da instituição; Mais enfático e duro em suas críticas, o Presidente da OAB-PE o denominou como HOMOFÓBICO, PRECONCEITUOSO, PRIMITIVO E IGNORANTE, porém afirmou que o caso não era para expulsão do Colega.



Com execessão das declarações do Drº Gil Teobaldo, vemos qual a mentalidade da sociedade atual. Em nota a OAB afirmou que o Advogado infrigiu os artigos 1º, inciso III, 3º e 5º da Constituição que estabelece o princípio de dignidade; prmover o bem de todos sem DISTINÇÃO DE SEXO; e igualdade respectivamente...



Concordamos que violência só gera violência. Também concordamos que o Sr. Gil Teobaldo ultrapassou seus limites, atropelando o direito alheio de escolha e decisão, MAS NÃO ENTENDEMOS ONDE ESTÁ O DISCRIMINAÇÃO SEXUAL QUANDO HOMOSSEUALISMO NÃO É SEXO, É OPÇÃO DE ATITUDE. Como podemos entender a irregularidade quanto ao sexo citada pelo Presidente da comissão Nacional d Direitos humanos da OAB? Afirmamos: Gay e Lésbicas não são sexos definidos, não há nada que comprove, nem há ciência que afirme.


O que percebemos é que a pressão da população LGBTT é bem influente, e não aceita ser OFENDIDA sem dar o troco. Quanto ao advogado Gil Teobaldo, hove execesso, e infelicidade em suas declarações, mas não usemos do momento para fazer apologia ao homossexualismo e muito menos a homofobia.



Ser Homossexual hoje é legal, bem como ser Adúltero. Essa é a nossa Sociedade Hoje. E Amanhã? Como será a sociedade com a aprovaçao da mordaça gay? ou como poderemos educar nossos filhos numa sociedade onde nem o gay, nem a lei que defende o adúltério, ou quem sabe outras atitudes que A BÍBLIA CONDENA, talvez amanhã seja mais decente do que ser simplesmente macho e fêmea. Condenável diante dos olhos de Deus a atitude do filho do Advogado (homicídio), como também o é o homossexualismo e o adúltério, se pensar de acordo como as leis divinas é ser HOMOFÓBICO, PRECONCEITUOSO, PRIMITIVO E IGNORANTE, logo nossa lei precisa urgente passar por uma reforma para ser considerada mais humana e menos Divina.


Críticamos a OAB, pois o foco dado não fora ao apoio do Pai ao homicídio do filho, mais a considerada repugnante desfeita ao Público LGBTT, afirmando que ISTO não ficara inpune. Fazer uso de uma trasgressão para fazer apologia ao homossexualismo, isso sim cosideramos deplorávél.


A REPORTAGEM COMENTADA ENCONTRA-SE NO SEGUINTE PERIÓDICO:

Jornal Diário de Pernambuco, 15/05/ 2010, caderno Vida Urbana Página C6.
"OAB INSTAURA PROCESSO CONTRA GIL TEOBALDO"

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...