Pesquisa personalizada

terça-feira, 6 de julho de 2010

Perdoar: Missão nada impossível!



É difícil, mas não chega ser impossível. A parte mais difícil é a auto rejeição, quebra do orgulho, e coisas desse gênero, o resto, é só correr pro abraço!


Normalmente a prerrogativa cristã de ceder a outra face, é encarada com desconfiança por nós humanos cheios de nós mesmo! deve ser por isso que Cristo afirmou que aquele que quisesse ser seu discípulo, teria como primeira exigência o Negar-se. Equanto estivermos cheios de orgulho, razão, mágoa, revolta, intrigas, iras, pelejas, etc., realmente, Perdoar é coisa de louco. (Lucas 9:23 Marcos 8:34 Mateus 16:24)


Cristo além de nos aconselhar a perdoar, nos exige a concessão do perdão! Em certa parábola, Jesus falou de um certo mordomo que fora perdoado por seu patrão de uma dívida muito alta, e já perdoado, quando encontrou um de seus devedores, oprimiu ao seu devedor que o pagasse, mesmo que este não tivesse condições de assim o fazer; o resultado disto é que o mordomo perdoado, mas que não tinha o poder de perdoar, fora condenado pelo seu patrão. (Mateus 18: 21~35)


Deus é o nosso Patrão, que nos ensina o perdão perdoando, e exige de nós, seus seguidores, servos e ministros que ensinemos uns aos outros a dádiva deste poder, que de tão grande, o homem não acredita ser capaz de exercê-lo. Quando compreendemos Deus, e fazemos parte de sua graça, temos sim o poder, o dever, e o prazer de perdoar nossos devedores: "perdoa nossas dívidas, assim como nós perdoamos os nossos devedores" (Mateus 6:12 ).

Perdoar é a maior prova de amor, só amando seremos perdoados e perdoaremos, caso contrário, continuaremos sendo vítimas e testemunhas daquilo que abortamos por rejeitarmos o exercício deste dom tão precioso dado primeiramente à nós por Deus, o Perdão!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...