Pesquisa personalizada

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

E Agora, em quem votar?


http://i36.tinypic.com/ae5z04.jpg
Imagem


Sabemos que esta eleição, foi empurrada de última hora para o segundo turno devido as mobilizações feitas principalmente pela internet, onde foram tecido alguns comentários e evidenciados algumas posições partidárias.

É fato que diante do acontecido, os dois partidos que disputam a presidência da Republica irão concentrar esforços para agaranhar os votos que levaram Dilma e Serra para o ring, e diante deste cabo de guerra, temos que prestar atenção em alguns detalhes que gostaria de expor a seguir;

Antes de mais nada, deixamos claro que não apoiamos partido algum, pelo contrário, nem somos a favor do PT, e muito menos do PSDB; também não gostamos de assumir o carater apolítico, pois tratamos política como uma necessidade que não podemos abrir mão.

Entretanto, quando se trata de valores, ressaltamos a importância de analisarmos cada passo a ser dado. Não podemos por em risco os valores que acreditamos por motivos egoístas, mesquinhos e muito menos tribais, ou por melhor dizer, partidários, quando se trata de poplítica, temos que defender o direito do todo, e não de alguns privilegiados.

Não sei qual o posicionamento de Serra quanto ao aborto e muito menos quanto ao homossexualismo, também não podemos nos basear em boatos de internet, mas nos baseamos em fatos e acreditamos que jornais não iriam divulgar boatos infundados; Podemos ainda admitir que tais repercutores da mídia nacional, divulguem sim palavras ditas ao vento, e joguem tais aglomerações de  letras deixando-as a cargo do eleitorado interpretá-las como bem entendam. Este é o caso da Candidata do PT, Dilma Roussef, que diante das câmeras não preoculpou-se com seu eleitorado cristão, e querendo ou não, amargou um segundo turno porcausa do posicionamento do seu partido sobre o aborto e questões que vão de encontro aos valores defendidos pelo cristianismo (Você já leu o PNDH 3);

Bem, também acreditamos que, independente do Presidenciavel que vença nestas eleições, falando bem popularmente, O QUE HÁ DE VIR VIRÁ, E NÃO TARDARÁ. Mas será que este posicionamento fatalista justifica nossa irresponsábilidade de apoiar um líder de nação cujo os objetivos não sejam nada Cristãos? Acho que melhor que compactuar é se posicionar ao lado de Cristo. Mostramos nesta eleição que os 20% do eleitorado evangélico (e por favor entendam evangélicos como a parcela consciente de sua responsábilidade como seguidores de Cristo, e não como a grande massa manipulável das megas denominações), sabe sim ser um pedra no sapato daqueles que se posicionam contrário aos valores cristãos; também mostramos aos que se candidatam apoiados em muletas cristãs, e popularidade de igrejas, que não somos um conjunto simples de Lego para montarem com os "pedaços do nosso ser" um trono para literalmente FOLGAREM em nome de Cristo; Somos cidadãos, responsáveis por nossa nação e compromissados com a palavra de Deus, e assim como a Bíblia ensina que espiritualidade está estritamente ligada a submissão aos ditames da Palavra Sagrada, afirmamos que nosso compormisso com o Brasil vai muito além de orar pelos nossos governantes, nosso zelo pela terra pátria está na escolha do nosso representante, mesmo que este depois mude de opnião à exemplo de Saul (que na realidade foi o rei que o Povo mereceu e escolheu), porém, como o Profeta Samuel, primemos pela obedência à Palavra do Senhor, e que na hora de consagrar nosso governante, não relutemos, antes procedamos como verdadeiros servos, submisso aos mandamentos do nosso Senhor e Deus.
Então, o que fazer? Apoiar Dilma, ou apoiar Serra? (Click nos nomes ao lado, e descubra muito mais sobre o que pensam e o que estão dizendo sobre o tema!) antes vejamos a posição da atual conjuntura política sobre o Tema Aborto:
 



PLÍNIO ARRUDA SAMPAIO
“Apoio o movimento em favor da descriminalização do aborto porque, evidentemente, a lei atual demonstrou ser, não apenas ineficaz, mas claramente perniciosa, uma vez que obriga as mulheres a recorrer a pessoas despreparadas e inescrupulosas para interromper uma gravidez indesejada.”
Retirado do site da campanha de Plínio Arruda Sampaio /link:
http://pliniopresidente.com/2010/03/8-de-marco-dia-internacional-de-luta-das-mulheres/
Em entrevista ao R7 no dia 27/07/2010:  Na opinião do candidato do P-SOL, Plínio Arruda Sampaio, as mulheres devem ter o direito de decidir sobre a interrupção da gravidez, e a legalização do aborto acabaria com as mortes causadas pela prática realizada de maneira clandestina. (Fonte: Agência Brasil 27/07/2010)
“Legalizar o aborto não é liberar irresponsavelmente. É colocar sob a lei”. (Plínio Arruda Sampaio em vídeo no http://twitcam.com/1syu5) – Agosto 2010
ZÉ MARIA
Em entrevista ao R7, em 20/07/2010, defendeu que o Estado precisa encarar o aborto como um problema de saúde pública e “assegurar o direito” das mulheres que optarem por abortar.
Aborto: tema polêmico e que alguns candidatos à Presidência da República preferem não tocar no assunto, o presidenciável do PSTU afirmou que deve ser criada uma lei que permita à mulher decidir sobre o direito de interromper a gravidez ou não. “A mulher deve ser plenamente dona do seu corpo, tendo o direito de realizar um aborto mesmo quando o feto não está doente ou ela correndo risco de vida”, defendeu José Maria de Almeida, ao ressaltar que “o governo federal deve criar mecanismos legais para realizar estes procedimentos pelo SUS”. (Alagoas em Tempo Real em 07/09/2010)
LEVY FIDELIX
Candidato à presidência pelo PRTB, afirmou, na tarde desta terça-feira (3 de agosto de 2010) em entrevista para a Rede Record, ser contra o aborto e a união civil homossexual por considerar os temas “antinaturais”. O candidato disse não se deixar levar pelo o que chamou de “pressão da mídia”. “Sou contra o casamento gay e aborto. Isso é antinatural. Sou a favor da vida. Está aí a religião que nos dá princípios morais, seculares. Não é porque tem pressão da mídia que devo ser a favor. (…) Se é antinatural, sou contra. Sou católico, professo a minha fé”, disse. De acordo com Fidelix, é preciso prestar assistência para as mulheres que realizam abortos, mas isso não significa legalizar a ação. “Temos que minorar os problemas, mas não incentivar o aborto”.
IVAN PINHEIRO
Defendeu durante sabatina do R7 e da Record News no dia 03/08/2010; a união civil entre pessoas do mesmo sexo. O candidato do PCB defendeu também a descriminalização do aborto. Sobre o aborto, Ivan Pinheiro negou que o partido vá fazer apologia à prática. No entanto, o candidato do PCB afirmou que o aborto deve passar por outros temas como a educação e a política de prevenção.
“O maior número de jovens que precisam de aborto é da periferia. Nós somos a favor da descriminalização. Na verdade ele só é criminalizado para as mulheres pobres. É proibitivo porque é muito caro. As mulheres mais ricas não precisam dessa bandeira, fazem sem nenhum problema.”
JOSÉ MARIA EYMAEL
Candidato do PSDC à presidência da República, em sabatina da Rede Record no dia 05/08/2010 (Terra), quando questionado sobre temas polêmicos, disse ser contra legalização das drogas, aborto e casamento homossexual. Justificando seus pensamentos pelo partido que pertence – Social Democrata Cristão – o candidato disse que apoia aquilo que é legal atualmente: o aborto só ser permitido em casos de estupro e risco à saúde da mãe. “Não é uma questão de saúde pública. O bem maior deve ser preservado, a vida. A legislação vigente não permite o aborto”.
RUI PIMENTA
Candidato do PCO à presidência da República, em sabatina da Rede Record (05/08/2010 – Link do Terra), disse ser a favor da união de pessoas do mesmo sexo e da realização do aborto. “Eu sou favorável a dar direito nas mulheres de acertarem ou errarem (…). O homem não opina”, resumiu. 

Como percebemos, todos os candidatos são meio que inseguros para afirmarem (Apesar das declarações de Dilma), pois sabem que este assunto rouba ou conquista votos; O que fazer? em quem votar? escrevemos neste Blogue um artigo que tem por título "Sídrome de Pilatos: Omissão não nos exime da Culpa", onde tetamos de modo direto conscientizar do perigo em se votar no candidato do Partido Transmissor de ideologias nada cristãos. Mostramos por reportagens e vídeos da própria Rede quais as reais intenções do PT de Lula, e graças a Deus, o povo respondeu a altura, e retardamos a eleição para presidente (sabemos que fomos uma formiga dentro de um batalhão de mais de 30.000.000 de evangélicos, sem falar da grande parcela de católicos que atenderam as convocações da CNBB). Agora temos a oportunidade de firmar posição diante de Deus e da sociedade. O que temos em mãos, nada mais é do que a oportunidade de não eleger quem vai de encontro a Bíblia. Os projetos ainda tramitam, e os candidatos tentam de certo modo desfocar o assunto, pois não querem admitir em público que não consideram o Feto como Subhumano, mas que este não passa de uma espécie de 'unha' ou 'cabelo' da gestante, que pode a hora que bem entender corta-lo de si, pois este é extenção do seu corpo.

Se Serra é favorável, isto é tão ambíguo quanto as recentes afirmações de Dilma, em suma, não possuimos candidatos que queiram falar abertamente para não espantar o 'gado', simplesmente codificam suas afirmações para serem mais simpáticos a seus potenciais eleitores.

Finalizando, gostaria de afirmar algo; sou nordestino, amo meu Pernambuco e me orgulho de ser um contribuinte ativo deste pedaço de Brasil. como todo Nordestino, fui beneficiado pelo governo do PT, sei que a política do PSDB nunca foi favorável ao nordeste, e que Serra configura para muitos (e por não dizer quase todos) o exteriótipo dos presidentes antes de Lula: Intelectual, Empresarial, Sulista, e totalmente voltado para o desenvolvimento da Megalópole Rio-São Paulo. Porém, hoje o que está em jogo, vai muito além de meu conforto e regionalismo, o que estamos prestes a perder é a liberdade cristã de expressão de pensamento, logo não é hora de pensar em Bolsa Formação, Pronasci, e outros benefícios sociais que podem estar ameaçados com outro partido, isto é mesquinharia, analfabetismo político e um ato comprobatório que merecemos ser tratados com ração, como é o caso da maioria dos rebanhos de abate.

Quanto vale seu cristianismo? o quanto você está disposto a se sacrificar por ele? o que representa para você hoje a liberdade de culto, o valor da vida, e os valores éticos cristãos? estes são os verdadeiros temas que deveríamos avaliar antes de pensar em votar neste segundo turno.

http://static.blogstorage.hi-pi.com/photos/barradolaranjal.spaceblog.com.br/images/gd/1283536857/MARINA-SILVA-ESTAREMOS-NO-2-TURNO-DEPENDE-SO-DO-SEU-VOTO-VOTE-MARINA.gif
Imagem

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...