Pesquisa personalizada

terça-feira, 5 de abril de 2011

Os Homens e suas Religiões

http://www.coxacreme.com.br/wp-content/uploads/2008/04/m.jpg
Imagem


Normalmente quando conversamos sobre religião, expomos nossa fé, e por muitas vezes (muitas mesmo!),deixamos transparecer nossas crendices e achismos, como se fossem fatos teológicos e/ou científicos comprovados e testificados.



é justamente nesta hora que passamos a escutar "
estórias" que fundamentam-se em nossas mentes como a mais pura verdade, e ai daqueles que não acreditam em tais fábulas, pois somos capazes de no mínimo hostilizar nosso semelhante, contradizendo a boa base de toda religião diz apegar-se: o amor ao semelhante - o tão conhecido PRÓXIMO.



Diante disso, desconstruímos tudo aquilo que demonstramos crer, fazendo de nossas bases religiosas, um terreno sem fundamentação, empírico e totalmente desprovido de fundos para ser considerado um caminho confiável para o mais simplório dos mortais.




É certo que tais Achismos, e estas
ESTÓRIAS, são o tesouro no fim do arco-íres de qualquer homem de boa fé; Sim, um tesouro, pois, costumamos afirmar que não há algo mais puro para a raça humana, do que a fé que este humano cultiva dentro do seu interior, porém, somos do mesmo modo enfático em afirmar que, fé sem fundamentação é loucura, fanatismo, misticismo e ameaça para o que chamamos de sociedade.

Assim, podemos dizer que, seria loucura o cristão morrer em qualquer época, desde o primórdio do cristianismo, até hoje, caso este cristão não possua fé suficiente para crer no objetivo de sua morte, que Deus poderá lhe ressuscitar no último dia. A exemplo disto temos um dos poemas mais belos citados em I Coríntios 13, onde o Apóstolo Paulo AFIRMA que, não bastaria apenas eu morrer, doar, ou falar por alguém, à alguém ou de alguém (respectivamente), caso não possuísse o que é exigido de todo aquele que se denomina cristão, que é a simples, porém profunda palavra que conhecemos por Amor. seria só um ato notório, nada mais; vazio sem eco para a eternidade.



Por isso, tudo que é religioso, e não é feito por amor, sem fé e por achismos, é fanatismo de fato. quando minha fé é baseada em fábulas ou misticismo de mercado (barato), nada mais é do que um
ato lúdico, teatral e sem preenchimento espiritual.



A fé que nos deve levar a fazer algo em nome de Deus deve ser a fé baseada nas Escrituras Sagradas, no amor ao próximo, e na submissão à vontade de Deus. Não podemos libertar-nos destas verdades, tenho que me assegurar nelas como se sem elas estivesse crendo no vazio, sem apoio, e totalmente desprovido de um amparo - o que de fato é.




O que leva o homem a crer em seres extra terrestres? Fatos? Experiências? Registros? O porque deixar morrer em nome de Deus alguém, por acreditar que o meu sangue é ofensivo aos olhos do Criador para o meu próximo? Qual a diferença entre deixar morrer em nome de Deus e Matar infiés em nome de Alá? Estamos em um campo minado!!!! porém esquecemos que estas minas foram plantadas por nós mesmos, sem olhar que precisaríamos passar novamente por este mesmo campo minado.




Hoje, os Ditames das religiões Humanas ditam tanto a vida em sociedade, como a vida privada. o certo é que o que Deus deseja é o nosso amor incondicional a ele e,dedicação ao nosso próximo.




Como sou Cristão e creio no Caminho, na Verdade e na Vida que é Jesus, e tudo isto que só nele há, posso afirmar categoricamente que, apesar de conviver em determinada religião, o que Deus quer do homem, e não só do Religioso, é que nos amemos! isto não Depende de Cristãos Católicos, Protestantes, E demais religiões não Cristãs. isto depende da Boa vontade nossa! e que depois de assim vivermos, poderemos perceber o quão falha é a nossa Concepção de Deus, e veremos o caminho que Ele Traçou para Nós.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...