Pesquisa personalizada

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Ensina-nos Senhor!

http://1.bp.blogspot.com/_4LkkqzmTHEk/TDPc5mh5kII/AAAAAAAAAFI/JDIZAoBvdJo/s1600/pai-e-filho-de-mafos-dadas-ago-2009.jpg
Imagem

"Ensina-me, ó Senhor, o caminho dos teus estatutos e guarda-lo-ei até o fim"
(Sl 119:33)

Diante do poema, vemos o salmista pré-rogar que Deus o ensine. Mediante o ensino dado por Deus, o entendimento leva ao solicito servo guardá-la até o fim. (vv.33~34)

Resgata-nos a mente o conselho de Paulo aos Romanos 12:2, que não devemos nos conformar com este mundo, antes devemos ser transformados pela mudança da mente, que só ocorre com os que seguem à Cristo; no verso 11 do Salmo 119, afirma o salmista que escondeu a Palavra no coração, para não pecar contra Deus. Fica implícito que obedecer a Deus é guardar sua Palavra e Estatutos, um ultimato para que dela andemos e por ela proceda todas nossas atitudes (Lv 18: 5a).

Só procederão assim, os que de modo explícito são ensinados por este Deus sobre o caminho perfeito, conduzidos a observância e obediência (literalmente andar com Deus!) (vv33, Lv 18: 5b); A estes deus dá o entendimento que os conduza agir em conformidade com o que aprendeu, estando condicionado a observá-la de todo coração, com afeto, e toda satisfação (vv. 34~35). Viver os estatutos de Deus, é ter o compromisso de guardá-los até o fim, observando-os de modo apaixonado, sendo prazeroso o viver a Palavra, sendo vivificado no caminho e enclinado a tê-la como diário pré-estaabelecido pelo Criador (vv.33~37);

Além dessa satisfação visível aos demais, o coração do servo de verdade será livre da cobiça, pois devido o seu coração está literalmente voltado  aos testemunhos de fé contido na Palavra de Deus (vv.36), não permitindo que se desvie para qualquer outro lado, pois andará prudentemente por onde quer que vá! Não será seduzido por nada desta vida, seus olhos são desviados da vaidade (I Jo 2:25), o Avivamento é algo comum em seu viver, possuindo isto por legado, pois vive no caminho do Senhor.
Algo mais grandioso aguarda os que se enveredam neste trajeto: A Confirmação das Promessas de Deus (vv.38); em toda a Bíblia encontramos verdadeiras minas de promessas que pessoalmente recebemos de Deus, entretanto, sua principal promessa para nós é esta: A Vida Eterna (I jo 5: 25)



Entretanto, tal advento prometido está em plano futuro, condicionado a "inclinação ao Temor do senhor, princípio de toda sabedoria" (vv. 38, Pv 9:10, Jó 28:28, Sl 19: 9~11). Quem inclina-se para Deus em temor, não porvará de sentimento de impotência e vergonha, não será exposto a vergonha extrema, não provará a desonrra (vv.39), pois os Juízos de Deus São retos, Prepara para os que o teme uma mesa no deserto, diante de nossos inimigos (Sl 23: 5), será como árvore junto à àguas vivas, se alimentando prazerosamente da Palavra do Senhor diuturnamente (Sl 1:2~3).

Antes porém, quem ama esta Palavra prova no presente o LEGÍTIMO AVIVAMENTO, não falamos de sons sem noção ou sentido, falamos de Mudança, atitude, ação!!! Desejando os preceitos do Senhor, sua justiça há de nos recompensar (vv.40)

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...