Pesquisa personalizada

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Seja Cheio do Espírito Santo!

http://operachic.typepad.com/photos/uncategorized/2008/02/14/heart_on_fire.jpg
Imagem

Normalmente, com o mundo cristão permeado com o conceito pentecostalita de espiritualidade, normatiza-se de forma desconforme o que de fato vem a ser um homem cheio do Espírito de Deus, e que anda segundo este mesmo Espírito;
Antes de mais nada, gostaria de informar que congrego numa igreja pentecostal, creio na contemporaneidade dos dons, e participo da Plenitude do Espírito de Deus no presente século; Sabemos que muitos pregadores quando tentam abordar o assunto tocante a o ser cheio de Deus, enveredam-se no capítulo 2 do livro de Atos dos Apóstolos, específicamente entre os versículos 1 ao 4, normalmente associando o fato do Falar em línguas como consequencia Direta de ser Cheio do Espírito Santo.

Embora haja o fato dos Discípulos terem falado Línguas APÓS terem ficado cheios do Espírito de Deus, isso não significa que um fato esteja intrísicamente atrelado ao outro, pois são duas coisas distintas e de aspectos totalmente diferentes;

Visões como esta, leva a formação de verdadeiros arsenais dogmáticos que ofuscam o verdadeiro sentido do que é ser verdadeiramente Cheio do Santo Espírito. Isto é tão certo, que o versículo afirma que "FICARAM  cheios" E COMEÇARAM a falar noutras líguas.

O que de fato evidenciava o enchimento do Espírito nos Discípulos, não fora o fato de falarem em outras líguas, mas, a atitude de submissão à ordem do Senhor, de estarem em Jerusalém até que fossem revestidos do Alto (At 1:4~8), a atitude de Pedro ousadamente falar em apologia do evangelho (At 2: 14~36), e a união entre os membros da primeira comunidade Cristã da história (At 2: 42~47);

Note que não estamos afirmando que naquele dado momento, os discípulos não estavam cheios, pelo contrário! estavam repletos, transbordantes! porém faz-se necessário separar o fato da manifestação dos dons com o ato de ser verdadeiramente Cheio do Espírito de Deus.

Quando Lemos em Efésios 5, apartir do versículo 15 estendendo-se até o Capítulo 6: 1~9, poderemos compreender o que realmente significa ser cheio do Espírito Santo; neste texto, Paulo afirma características daqueles que são de fato cheios do Consolador!

A Primeira característica que é abordada pelo Apóstolo, é sobre a forma de Andar daquele que é cheio de Deus; O Homem que é cheio do Espírito Santo (que anda em Espírito), é Cauteloso no seu proceder, procurando em tudo obedecer ao Senhor, compreedendo sua vontade e evitando a Insensatez (vv. 15~17), enitando os prazeres que em nada contribuem  com seu desenvolvimento Espiritual, e buscando à Deus, procurando de fato ser CHEIO DO ESPÍRITO (vv. 18);

A segunda característica é apresentada à comunidade Cristã, esta, quando cheia do Espírito de Deus, não anda em sentimento faccioso, mas vive uma realidade de Adoração e reverência ao Senhor (vv. 19~21), não muito diferente da comunidade apresentada em Atos 2: 42; Mo mais, a Igreja, quando Cheia do Espírito de Deus vive uma vida de mútua submissão, o que podemos resumir espiritualidade nesta palavra: SUBMISSÃO À DEUS E AO PRÓXIMO.

Submissão, esta será a palavra que irá ditar as regras dos que são espirituais. Não adianta muita manifestação de Dons, maravilhas, sabedoria, discernimento, milagres, se primeiramente o homem, por quem tudo isto se manifesta não for:

  • Um Marido amável a Esposa (vv. 25~33)
  • Uma Esposa respeitadora do Marido (vv. 22~24, 33)
  • Um filho Obediente aos Pais (6: 1~3)
  • Um Pai sensato e exemplar ao Filho (6: 4)
  • Um Bom empregado (6: 5~8)
  • Um Bom Patrão (6: 9)
Estas são as características dos que são verdadeiramente cheios do Espírito Santo! Não adianta falar as línguas dos anjos ou as dos homens, se eu não possuir o amor, que me leve a servir e submeter-me a necessidade do meu próximo e a vontade de Deus, não serei mais que uma buzina!!!!

Ser Cheio é ser servo, de Deus e do Próximo, im bom pai, marido, esposa, filho, empregado ou patrão, assim poderemos fazer brilhar nossa luz diante dos homens! Portanto, vede prudentemente como andais! (Ef 6: 15).

Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
Contra estas coisas não há lei.
E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.
Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.
(Galátas 5: 16, 22~25 )

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...