Pesquisa personalizada

sábado, 16 de julho de 2011

Ele e Ela... Êlas? Opção Sexual...Como?

http://2.bp.blogspot.com/-v_BFUQGGrjQ/TcNqYJiwXCI/AAAAAAAAAHg/G23Z9UVyMtY/s1600/sexualidade.gif
Imagem

Em uma aula sobre Ética na Arbitragem, quando em dado momento se costurou um ambiente propício para debate sobre a União Estável entre Homossexuais. Ultrpassada a questão  da União Estável, inusitadamente o professor externou sua opnião sobre o que achava do termo Opção Sexual;

Seu conceito sobre o assunto deixou os acdadêmicos bastante abismados em relação a manipulação da opnião pública sobre o tema que agora maestrava o debate. Em suas considerações, o mestre da cadeira de Ética na Arbitragem, afirmou categoricamente que Opção sexual é impraticável, não ficando apenas em simples negativa sobre o assunto, expôs:
Para que houvesse a possibilidade de Opção Sexual, teria que haver no mínimo TRÊS generos sexuais, e não DOIS.
Quando o regente da aula expôs esta  sentença simples, pensou-se: Como é simples! como é que perdemos tanto tempo para travar acalourados debates sobre um tema INEXISTENTE. Segundo o Professor, homem e mulher, só teriam opção sexual, caso houvesse outro genero sexual, e, como não há nada, além do macho e da fêmea, também não há opção entre os gêneros, ambos estão fadados um ao outro, o homem (macho) para a mulher (fêmea).

Sabemos que esta definição soa como questionável, também poderá ser definida como infantil, entretanto ela não se contradiz, é um silogismo perfeito, porém cabe ao o homem racional aceita-la como regra de conduta, passando a definir dessa forma como desvio de conduta, tudo aquilo que escapar à sua simples regra.

É óbvio que esta afirmação, que acreditamos já ter sido imaginada por mentes sinceras, não mudará a atitude dos homossexuais, muito menos irá fazer militantes e simpatizantes do LGBT deixarem de lado seus modus vivends, entretanto, usamos do espaço para afirmar que este silogismo apresentado pelo nobre professor concorda não apenas com a doutrina do Livro Sagrado (Macho e Fêmea os Criou),  mas afirma a lógica na ciência e em seus mais diversos seguimentos (Macho e Fêmea, Complexo de Édipo, Complexo de Electra, Reprodução Humana, etc.), pelo simples fato da não contradição. 

É absurdo a forma como alguns profissionais descartam alguns pilares da ciência, da moral e da religião, em benefício de uma parcela da sociedade que tem se afirmado como uma nova espécie ou um novo gênero. Ele e Ela, Êlas? assim como soa desconcertante nos pronomes da nossa língua, soa desconcertante  na natureza, na mente, na vida e na sociedade.

Não chegaremos ao absurdo BALSONARIANO de propor uma exclusão de sangue - isto é neo-nazismo! - do mesmo modo, não podemos admitir que conquistas nos furtem a fala, a característica mais marcante da espécie humana! é por esta peculiaridade NOSSA que lutamos - o dm e o direito de se expressar. 

Não precisamos lutar por Deus, indepedente do que achem, como crêiam ou  não, Ele não se deixa escarnecer, sua sentença é certa, cremos assim! Também não queremos negar o inevitável - o que há de vir virá! - entretanto, queremos fazer ouvida nossas vozes, nossa fé e nossa esperança, que é pautada em um mundo cônscio do que diz a Palavra de Deus, proclamada por nós e crida por nossas gerações; Se a sociedade nos odiar por isso, sabemos porém que primeiro odiou ao nosso Mestre, por possuir da mesma forma opniões divergentes de sua socieadade.

Oramos por nossos representantes, tanto políticos quanto religiosos, para que possamos ter uma vida tranquila na terra, porém deixamos com Deus a execução do seu plano, que não seja para o nosso conforto, AFASTANDO DE NÓS ESTE CÁLICE, mas para que se seja feita a vontade dEle não a nossa. 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...