Pesquisa personalizada

quarta-feira, 12 de junho de 2013

JESUS CRISTO NÃO É O ARCANJO MIGUEL!

Imagem

CERTO DIA , quando estava na faculdade, um colega de classe viu em meu Notebook, uma imagem que havia criado (montado na verdade!), aludindo a Batalha do Armagedom; primeiramente manifestou admiração pela imagem, elogiando-a, e depois começou a descrever o cenário e nomear os personagens que alí apareciam (vejam a Imagem - sobre a Montagem ). 

O nobre colega de Faculdade chamou de Miguel a figura principal que estava montado em um cavalo, com miríades de anjos ao seu redor; tentei explicar que ao montar aquela imagem, me referia à Cristo e não à Miguel, foi quando o mesmo respondeu: Mas não são as mesmas pessoas?  Foi então que percebi que manifestava traços da fé adventista, Já que estes acreditam se tratar da mesma pessoa Jesus e o Arcanjo Miguel.

Fiquei de analisar um material que este me entregou, depois que tivemos alguns minutos de refutação das doutrinas que me apresentava, porém, como estávamos em semana de revisão, precedendo uma semana de provas, prometi que analisaria o conteúdo a fim de dar uma resposta e prosseguimento ao nosso diálogo. Hoje, quando realmente parei para analisar o material fornecido, deparei-me com algumas argumentações superficiais que tentam afirmar ser a mesma pessoa, estes dois seres distintos.

Procurei na internet, já que saberia que alí existiria vasto material CONFIÁVEL sobre o assunto, e confirmando com livros que possuo sobre a ortodoxia na interpretação bíblica, passo a expor, a fim de esclarecer que Jesus Cristo, não pode ser o Arcanjo Miguel, segue:




A epístola aos Hebreus 1:5-8 deixa clara a diferença entre os anjos e Jesus. Heb 1:5-8 Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? Eu lhe serei por Pai, E ele me será por Filho? E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de Deus o adorem. E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo. Mas, do Filho, diz: O Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.Os anjos adoram Jesus porque ele é Deus, e os anjos não são adorados em lugar algum da Bíblia. Apo 19:10 E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia. Apo 22:8-9 E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar. E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. Ao contrário dos anjos, Jesus é adorado por ser Deus e não recusa adoração:Mat_8:2 E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. Mat_9:18 Dizendo-lhes ele estas coisas, eis que chegou um chefe, e o adorou, dizendo: Minha filha faleceu agora mesmo; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá. Joã_9:38 Ele disse: Creio, Senhor. E o adorou. Heb 1:6 E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de Deus o adorem. (Fonte: O que Respondi)

Ainda segundo este Site, faz-se um observação interessante sobre a diferença de atitude de Cristo  e do Arcanjo Miguel diante dos poderes das Trevas:



Jud 1:9 Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda. O arcanjo Miguel não ousou repreender o diabo, mas Jesus fez em algumas ocasiões repreendeu demônios (ou espíritos imundos) e o próprio Satanás, quando este tentou influenciar os pensamentos de Pedro:Mat_17:18 E, repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e desde aquela hora o menino sarou. Mar_1:25 E repreendeu-o Jesus, dizendo: Cala-te, e sai dele. Mar_8:33 Mas ele, virando-se, e olhando para os seus discípulos, repreendeu a Pedro, dizendo: Retira-te de diante de mim, Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as que são dos homens. (Fonte: O que Respondi)




Em outro Site, o seu autor levanta uma argumentação que eu havia considerado, e gostaria de expor aqui: 

Daniel 10:13

"Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia." 


Interessante esse texto mencionado. O leitor já tomou tempo de olhar ele na tradução do Novo Mundo ? Notou que nesta versão citada, a expressão "UM DOS primeiros príncipes" é bem interessante ?", mas a NWT (Tradução do Novo Mundo) é ainda mais interessante: "UM DOS MAIS DESTACADOS DOS PRINCIPES". A expressão "UM DOS" lhe diz alguma coisa ? Acho que indica claramente que existem mais príncipes destacados (arcanjos), não acha ? 


Outro detalhe, um anjo só pode estar num lugar por vez, ele não é onipresente. Miguel teve que ir ajudar o anjo para que eles prevalecessem contra os "reis da pérsia" (note – plural), indicando que não era apenas satanás que estava ali, mas talvez um grande número de demônios. 


E o que dizer de Jesus ? 


Jesus é... 


...Aquele que em tudo preenche todas as coisas (Efésios 1:23 - TNM) 


...Aquele que ascendeu muito acima de todos os céus, para que desse plenitude a todas as coisas (Efésios 4:10 – TNM). 


Além disso, Cristo... 


...Sustenta todas as coisas pela palavra do seu poder (Hebreus 1:3 - TNM) 


...Sustentando o universo pelo seu comando poderoso (Hebreus 1:3 – Bíblia de Jerusalém) 


Quanto aos outros textos: 


JUDAS 1:9 


Leia o contexto, aliás, leia Judas completo (é um livro tão pequeno). Perceba que em passagens anteriores Judas se refere a Jesus como "nosso único Dono e Senhor" (Judas 4), e refere-se a si próprio como "escravo de Jesus" (Judas 1). Um tratamento bem especial não acha ? E porque Judas dá um tratamento mais "frio" (por favor, entenda onde quero chegar) ao arcanjo, simplesmente dizendo "Miguel, o Arcanjo". Você não acha que se o arcanjo em questão fosse Jesus, Judas não teria dito "Mas, quando nosso Senhor, quando era arcanjo, teve uma controvérsia..." , ou quem sabe ainda "Mas, quando Miguel, nosso Senhor, teve uma controvérsia". Você não acha que seria prudente da parte de Judas mudar o tratamento para uma mesma pessoa ? Ou mudar o sujeito ? Pense nisso... 


REVELAÇÃO (APOCALIPSE) 12:7 


Mais uma vez, cerca de apenas 2 textos antes de citar Miguel, as escrituras falam de Jesus e o cita como "o filho" e de repente, fala deste "filho" se assentar no trono de Deus. Numa mudança radical já começa a falar da batalha nos céus, onde Miguel e os seus anjos batalham contra o dragão. Agora pense bem: Digamos que Miguel fosse o nome de Jesus no Velho Testamento. Porque citar o nome antigo no novo ? Não seria também prudente da parte de João (o escritor de Revelação) continuar usando a expressão "filho", que ele acabara de usar 2 textos antes ? Ou quem sabe até mesmo usar diretamente, Jesus ? 


Vemos aqui que um anjo que não é identificado por nome foi enviado a Daniel mas ele se confrontou com o ‘o príncipe do reino da Pérsia’, ou seja, Satanás, e em vários textos ele é identificado como reinando sobre os reis ou governantes da terra. Apocalipse identifica Satanás como estando por trás dos governantes da Terra. Ele mesmo, Satanás, disse a Jesus "E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero." (Lucas 4:5-6) Jesus não negou que o Reino do Mundo pertence a Satanás pois Jesus mesmo disse: "Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo." (João 12:31) e (João 14:30) "Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim (ou poder sobre mim);" 


Chegamos a um ponto bem interessante, e embora este documento não tenha como objetivo refutar este ponto de vista da STV de que o mundo pertence a satanás, vamos falar um pouco a respeito disto. Será que as coisas realmente pertencem a satanás ? Vamos entender porque satanás é o "dono" deste mundo. 2 Pedro 2:19 diz que "porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo". Em João 8:34 Jesus diz "Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado" Ainda Romanos 5:12 "Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram". Quem é o pecador principal e que tem pecado desde o princípio ? Quem é que "vence" o homem muitas vezes atiçando-o a pecar ? É satanás! Ele é quem tem governado o mundo, pois o mundo tem sido governado pelo pecado. 


Mas será que o mundo é realmente dele ? Creio que não, pois pertence a Jesus, segundo Colossenses 1:16,17 "...Todas as coisas foram criadas por intermédio dele e para Ele...Ele é antes de todas as coisas e todas as coisas vieram existir por meio Dele"; Ou que tal Romanos 1:36: "Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém". Será que o mundo é mesmo de satanás ? Ou é o pecado que reina no mundo que faz de satanás o "seu dono" ? 


Assim este anjo ficou 21 dias confrontando com ele sem o vencer mas precisou que Miguel, o Arcanjo, viesse para ajuda-lo, pois este tem poder para fazer isto. 


Exatamente, Miguel teve que vir fisicamente ajudar o anjo. Jesus faria isto apenas "pela palavra do seu poder" (Heb. 1:13). 


Vemos assim que Miguel sempre teve uma luta com Satanas. Mas como relacionar Miguel com Jesus? É possível que este seja aquele? 


Se formos olhar alguns textos pingados, talvez surja esta especulação, mas se olharmos atentamente, é PURA ESPECULAÇÃO, pois em lugar algum a bíblia deixa esta conclusão clara. 


Bem como vimos quem tem a tarefa de destruir satanás é Jesus e a Bíblia nunca se contradiz e não mente. (Tito 1:2) 


Notou como Miguel é descrito como tendo seus anjos e Jesus também é descrito assim. Compare Apocalipse 12:7 com Mateus 24:30-31 e veja isto. 


Mas, onde é que especificamente vemos na bíblia que quem tem a tarefa de destruir pessoalmente a satanás é Jesus ? Nós vimos que tem faria isto é Miguel. E esta linha de raciocínio já está partindo do presuposto que Cristo é Miguel. Além do mais, digamos que seja a tarefa de Cristo. Qual o argumento da Sociedade para a passagem da criação ? Jeová criou a terra não foi ? Certo ? Errado, fisicamente quem fez o trabalho foi Cristo (Colossensses 1:16,17). E porque a Sociedade afirma isso ? Eles usam o argumento da secretária. Quem escreve a carta para o patrão é a secretária, mas o crédito da carta vai para o patrão, correto ? Então, porque não dizer que quem vai exercer a tarefa de executar a destruição de satanás é Miguel, e que ele atuará como a "secretária" que faz o trabalho para seu patrão ? 


Mas a mais coisas interessantes. 


Em Daniel 12:1 "E NAQUELE tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro." 


Vemos aqui que quando Miguel se levantar ou quando estiver presente haveria um tempo como nunca houve antes. Veja que quando os Apostolos perguntaram sobre o sinal da presença de Jesus ou sua vinda. 


Porque Daniel pode falar que Miguel se levanta a favor dos filhos do teu povo ? Além disso haveria um tempo de angústia, qual nunca houve ? Simples, porque é Miguel quem vai expulsar satanás dos céus, ou seja, ele é um dos principais agentes da libertação do povo de Deus. Mas lhe mostrarei a frente que ele não é o único. Outros anjos (ou arcanjos) estarão com ele neste propósito. 


Mas vamos falar algo mais sobre as passagens de Daniel e sobre Jesus. No livro de Daniel, capítulos 8 até o 12 vários anjos são mencionados, e um deles é Miguel, guardando Israel, outro é Gabriel que enviava as mensagens para Daniel, e outros (não citados por nome) batalhavam com Pérsia e Grécia (os últimos dois evidentemente anjos decaídos – demônios). Com o povo de Deus triunfando no fim, seria apropriado dizer que Miguel se colocaria então de pé (em Revelação também o cita como encabeçando os anjos para a batalha). Outro detelhe: Gabriel também apareceu a Maria como ele fez com Daniel. 


Em O MISTÉRIO CONSUMADO (The Finished Mistery), livro escrito por Rutherford, a Sociedade ensina que o Miguel em Revelação era uma figura profética do Papa de Roma (dá para acreditar ?)! Depois eles mudaram de idéia e decidiram que ele era Jesus. Mas Jesus não poderia ser um anjo criado por muitas razões que citarei a frente. Uma delas tem a ver com a localização no espaço. Daniel mostra anjos, inclusive Miguel, indo e vindo. E os anjos demoníacos bloqueavam um dos anjos bons de vir por um tempo. Assim, como nós, anjos só podem estar presentes em um lugar por vez. Mas o Cristo ressuscitado "preenche o universo" (Efésios 1:23). Ele também vive "em" cada cristão, o que anjo algum poderia fazer "Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós?" (2 Coríntios 13:5). "a saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós. 18 Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós." (João 14:17,18). "...que é Cristo em vós, a esperança da glória..." (Col. 1:27). "E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai." (Galatas 4:6). "Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Ora, se Cristo está em vós..." (Romanos 8:9,10). 


Nenhum anjo poderia ter tal relação com os cristãos de algum lugar físico: "Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo" (Revelação 3:20). 


"Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus... em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo." (João 3:3-7). 


"Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora." (João 6:37). 


E finalmente, "Apedrejavam, pois, a Estêvão que orando, dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito." (Atos 7:59). 


Mateus 24:3 "E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?" 


Jesus respondeu o seguinte: 


Mateus 24:21 "Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver." 


Realmente a Vinda de Miguel e a Vinda de Jesus iria haver grande angústia ou aflição como nunca houve desde que ouve nação ou desde o principio do mundo. 


Bem, a presença de Cristo e a expulsão de satanás nos céus (que é Miguel quem vai fazer) estão intimamente ligadas. Sabemos que é durante a presença de Cristo, quando TODO OLHO O VERÁ, que satanás será expulso dos céus e virá desencaminhar toda a terra habitada. E é justamente neste momento em que virá a grande aflição, tal como nunca houve desde o princípio do mundo até agora. 


Ainda há mais 


A vinda de Miguel também esta relacionada com a ressurreição pois o versículo 2 do capitulo 12 passa a dizer: 


Daniel 12:2 "E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno." 


A vinda de Jesus também esta relacionado com isso como todo mundo sabe mas vamos ver apenas duas passagens sobre isso. 


Esta citação é como colocar palavras na "boca" do profeta Daniel. Ele não disse que seria durante a "presença" (grego: parousia) de Miguel, ele simplesmente disse que Miguel se poria de pé a favor dos filho do seu povo (na passagem de Daniel agindo qual guardião do povo de Israel). E mais uma vez, na presença de Cristo, vários anjos destacados (arcanjos, querubins, serafins) farão TODOS um trabalho em conjunto para que o propósito de Deus seja estabelecido. Veja em Revelação (Apocalipse). Miguel, como um dos "mais destacados dos príncipes" tem uma tarefa primordial neste plano. 


1 Tessalonicenses 4:16 : "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com ... e os que morreram em Cristo ressuscitarão" 


Certo. Aqueles que morreram com fé no resgate de Cristo ressuscitarão, e não aqueles com fé em "Miguel". 


João 5:28-29 "Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua [a de Jesus] voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação." 


Será que são dois os que virão??. 


Mais uma vez, Daniel não disse que quem viria seria Miguel. O autor deste texto tirou esta conclusão pre-concebida. 


Tem mais: 


Veja que Miguel em Daniel 12:1 é Chamado de 'Grande Príncipe a favor dos filhos do teu povo'. 


Atos 5:31 "Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados." (Veja ainda Atos 3:15 "Príncipe da Vida [Jesus]") - Apocalipse 1:5 chama Jesus Cristo, de 'o príncipe dos reis da terra'. Em Daniel 10:21 lemos "Miguel, vosso príncipe." 


Vejamos o que Isaías fala mais a respeito de Jesus. Será que ele é chamado apenas de "príncipe" ? Ou ele chama a Jesus de algo mais ? Vejamos: Isaías 9:6,7 "Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte (na NWT "DEUS PODEROSO"), Pai Eterno (Pai eterno ? Não é pouca coisa não acha ?), Príncipe da Paz.; Do aumento do seu governo e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o estabelecer e o fortificar em retidão e em justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor (Yahweh ou Jeová) dos exércitos fará isso." 


Em Hebreus 2:10 lemos "Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e mediante quem tudo existe, trazendo muitos filhos à glória, consagrasse pelas aflições o príncipe da salvação deles." Em Atos 23:5 "...Não dirás mal do príncipe do teu povo." 


Será que Paulo falava aí nesta passagem de Hebreus que Cristo era um anjo (sim, pois arcanjo é uma hierarquia maior dos anjos) ? É interessante notar que o próprio Paulo fala mais a frente que Jesus "não auxilia em nada os anjos" (Hebreus 2:16). E também é digno de nota que Paulo neste princípio de Hebreus tenta acabar com uma heresia que estava havendo na primitiva congregação cristã, que diziam que Jesus era um "anjo". Paulo corrigiu esta situação com a passagem que irei transcrever "5 Pois a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei Pai, e ele me será Filho? 6 E outra vez, ao introduzir no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de Deus o adorem (os anjos de Deus adoram a Jesus – embora na TNM o "escravo" tenha mudado o significado da palavra adorar para "prestar homenagem", apesar da palavra original ser a mesma (proskyneo) que consta em outros textos onde eles traduziram "adorar") . 7 Ora, quanto aos anjos, diz: Quem de seus anjos faz ventos, e de seus ministros labaredas de fogo. 8 Mas do filho diz: O teu trono, ó Deus (Viram ? Ó Deus (na interlenear – ho theos – sim, isto mesmo Yahweh chama a Jesus de "ho theos" (Ó Deus) – embora na TNM o "escravo" modificou de forma esperta este texto – isto é uma citação dos Salmos 45:6), subsiste pelos séculos dos séculos, e cetro de eqüidade é o cetro do teu reino...10 e: Tu, Senhor (Jesus) , no princípio fundaste a terra, e os céus são obras de tuas mãos; 11 eles perecerão, mas tu permaneces; e todos eles, como roupa, envelhecerão, 12 e qual um manto os enrolarás, e como roupa se mudarão; mas tu és o mesmo, e os teus anos não acabarão. 13 Mas a qual dos anjos disse jamais: Assenta-te à minha direita até que eu ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés? 14 Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação?" (HEBREUS 1:5-14). 


Interessantes estes textos não acham ? Esta idéia de que Cristo era um mero anjo (que significa "Mensageiro") já existia no primeiro século. Paulo dá aqui a resposta para esta questão. 


Ainda mais 


Daniel (Dan. 12:1) fala que naquele tempo ou seja quando Miguel se puser de pé no sentido de vir ou estar presente todo aquele que se achar inscrito no livro da vida ira viver. 


Opa! Estar de pé não é o mesmo que estar presente, são duas palavras completamente diferentes, inclusive nos originais. 


Lemos em Apocalipse 3:5 onde Jesus diz: "O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai..." Também Apocalipse 13:8 e 21:27 fala do "...livro da vida do Cordeiro." 


Certo. Não vejo problemas nem comentários a tecer nestas passagens. 


E por último 


Se Jesus é superior a um Arcanjo a Bíblia nunca iria se referir a ele como Arcanjo. Será que a Bíblia faz isso? 


1Tessalonicenses 4:16 diz: "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido [chamada dominante], e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro." 


Se eu fosse usar esse seu raciocínio também teria de dizer que Jesus é Deus. Veja que ele desce com a "trombeta de Deus". Certo ? Além do mais, este texto tem um artigo indefinido "com a voz de UM arcanjo" (sei que nesta versão não consta o "um", mas em outras, como a NWT, consta). Vir com a "voz de um arcanjo" não faz de Jesus tal, da mesma forma que se o humorista Tom Cavalcanti falar com voz de mulher (lembre-se dele imitando mulher no Faustão) não fará dele uma mulher, ele é um homem. Este texto não prova nada. 


Vimos que a palavra arcanjo ocorre apenas duas vezes nas Escrituras, em 1 Tes. 4:16 e Judas 9. 


É interessante que ela nunca ocorre no plural na Bíblia, denotando haver apenas um anjo principal ou arcanjo. E Jesus vem com voz de arcanjo. 


Não ocorre no plural porque não houve contexto para que ela constasse no plural. Mas, Daniel deixa isto indiretamente claro quando ele cita que Miguel (que é um arcanjo) é um DOS mais destacados dos príncipes. Certamente tem outros. Se você for consultar outras fontes históricas (talmude, fontes judáicas, etc) você vai perceber que eles acreditavam que existiam vários arcanjos – Gabriel (que levou a mensagem a Maria, e certa vez a Daniel) era um deles. 


Poderíamos ver mais ainda sobre Anjo. Como o Anjo do Abismo. 


Vejamos 


Lucas 8:30-31 "E perguntou-lhe Jesus, dizendo: Qual é o teu nome? E ele disse: Legião; porque tinham entrado nele muitos demônios. E rogavam-lhe que os não mandasse para o abismo." 


Veja que "abismo" era esse. Será que era o "abismo" de revelação (apocalipse) ou um abismo literal ? O contexto responde "E tendo os demônios saído do homem, entraram nos porcos; e a manada precipitou-se pelo despenhadeiro no lago, e afogou-se" (Lucas 8:34). Era um abismo literal! Tinha um despenhadeiro próximo ao local onde tudo ocorreu. E digamos que isto seja um paralelo, pela ordem de Jesus, os anjos foram para o abismo. Ele pode dar as ordens para que seus "príncipes" a executem. Qual é o problema disso ? 


Os anjos iníquos aqui reconhecem a Jesus como sendo Filho do Altíssimo (Lucas 8:28 compare com Salmos 83:18). E os anjos iníquos sabem que é Jesus quem os vai enviar para o abismo. Assim vemos que Jesus é quem vai fazer isto e não outro. 


Acho que meus comentários anteriores foram suficientes para essa passagem. 


Apocalipse 9:1 "E O QUINTO anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo." 


João aqui vê uma estrela caindo do céu e que tem agora uma tarefa com respeito a terra. Trata-se duma pessoa espiritual ou carnal? O detentor da "chave do poço do abismo" é mais tarde descrito como lançando Satanás no "abismo" (Apoc. 20:1-3) Portanto, deve ser uma poderosa pessoa espiritual. Em Apocalipse 9:11, João nos diz que os gafanhotos têm "um rei, o anjo do abismo". Ambos os versículos devem referir-se à mesma pessoa, visto que o anjo com a chave do abismo seria logicamente o anjo do abismo. E a estrela deve simbolizar o Rei designado de Deus, visto que os cristãos reconhece somente a este único Rei, Jesus Cristo. (Veja 1 Corintios 15:25 "Porque convém que reine [Jesus] até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés." 


A estrela não simboliza o Rei designado de Deus. Na verdade ELE tinha em suas mãos SETE estrelas (sete anjos – porque não dizer arcanjos ?) para executar a vontade de Deus. (Revelação 1:16,20) "Tinha ele na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois gumes; e o seu rosto era como o sol, quando resplandece na sua força. – 20 - Eis o mistério das sete estrelas, que viste na minha destra, e dos sete candeeiros de ouro: as estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete candeeiros são as sete igrejas.". As estrelas são apenas Anjos, e eles estão todos nas mãos de Jesus. Cada uma delas desempenhará um papel durante esta presença, como podemos notar no desenrolar do livro de Revelação (Apocalipse). Ao quinto anjo cabe a tarefa de aprisionar a satanás e a joga-lo na prisão. Será que o quinto anjo é Jesus ? Certamente que não! Porque ? Porque o quinto anjo fala a respeito de Jesus da seguinte forma: "Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Isto diz aquele que tem os sete espíritos de Deus, e as estrelas: Conheço as tuas obras; tens nome de que vives, e estás morto.". Você pode conferir o que cada um destes anjos fala a respeito de Jesus nas seguintes passagens (Revelação cap. 2: versiculos - 1,8,12,18; capítulo 3: versículos - 1,7,14). Agora veja a tarefa executada pelo quinto anjo na tribulação: "O quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caíra sobre a terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo" (Revelação 9:1). Este anjo era um dos sete, os quais os quatro primeiros já haviam executado as suas tarefas. Será que o quinto anjo era o mesmo que segurava os sete ? Não faz muito sentido isso não. Além disso, com os outros anjos também cairam estrelas! (Veja isso com o terceiro anjo em Revelação 8:10). 


Apocalipse 9:11 "E tinham sobre si rei, o anjo do abismo; em hebreu era o seu nome Abadom [significando destruição], e em grego Apoliom." [significando destruidor] 


Como já falei, este era o QUINTO anjo dos sete, os quais cada um (os quatro primeiros) já haviam completado suas tarefas. Quanto a palavra rei (em minúsculo, perceba): o próprio texto ensina que é: Satanás! Isto mesmo! Quem é o destruidor ? Sim, é o próprio Satanás, que sai do abismo e que destrói uma terça parte dos homens da terra. 


Apocalipse 20:1 "E VI descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão." 


Apocalipse 20:3 "E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo." 


Mais uma vez, este era o quinto anjo do relato. 


Quem é este Anjo? Ele deve Ter um tremendo poder para ser capaz de eliminar o arquiinimigo de Deus. Possui a chave do abismo e uma grande cadeia. Jesus como sendo o principal vindicador de Deus e como a semente que viria e destruiria a Satanás (Genesis 3:15) começa por expulsar Satanás dos céu e agora prende-o no abismo. 


Veja bem: Satanás era um anjo de maior poder, isto sem dúvida, visto que ele comanda uma legião de anjos iníquos (demónios). Um Arcanjo dotado do poder de Deus pode vence-lo e pode realizar esta tarefa, sem dúvida alguma. Eu volto a mostrar a você um fato: toda a vez em que Jesus é mostrado no livro de Revelação (Apocalipse) ele é descrito em grande glória (Veja Revelação 1:5,13; 7:17; 14:14; 16:1; 19:12-13; 21:6-7; 22:13,16). Perceba durante sua leitura de Apocalipse que quando João se refere aos anjos, ele não os dá esta glória toda. Mas agora eu vou lhe provar que Jesus não era o quinto anjo. Veja Revelação 16:1 "E ouvi, vinda do santuário, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide e derramai sobre a terra as sete taças, da ira de Deus.". Tudo indica que esta voz é a voz de Cristo dando ordens aos sete anjos. Isto significa que o quinto anjo também recebeu esta ordem. Então ele executou a sua tarefa "O quinto anjo derramou a sua taça sobre o trono da besta, e o seu reino se fez tenebroso; e os homens mordiam de dor as suas línguas". Veja que é sempre o quinto anjo que está lidando com a besta (o diabo). Então, finalmente, este anjo prende a satanás: "E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo e uma grande cadeia na sua mão. 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e o amarrou por mil anos. 3 Lançou-o no abismo, o qual fechou e selou sobre ele, para que não enganasse mais as nações até que os mil anos se completassem. Depois disto é necessário que ele seja solto por um pouco de tempo." (Revelação 20:1-3). 


Vemos aqui que Jesus é o Rei, o anjo do Abismo, quem tem entre outras a tarefa de terminar com Satanás. E não resta dúvida que este anjo do abismo é o principal dos anjos Miguel ou Jesus Cristo. 


Tenho que discordar. Se Jesus fosse realmente Miguel, o arcanjo, a bíblia faria isto muito claro. Sem dizer que, quando os escritores da bíblia se referissem a Miguel, dariam a ele grande glória como seu Senhor e Salvador (título sempre empregado a Cristo no Novo Testamento). E vemos que não fazem isto. A bíblia aconselha-nos a não adorar os anjos (Revelação 22:8,9). Mas o que dizer de Cristo ? Será que ele foi adorado ? Tomé lhe adorou como ao próprio Deus. Veja em João 20:28. Tomé disse "Meu Senhor e Meu Deus!". Em Hebreus 1:6 Deus ordena aos anjos: "e que os anjos de Deus o adorem". Filipenses 2:10,11 "10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, 11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.". 2 Pedro 1:1 "...na justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo", dentre muitos outros exemplos. E a qual anjo Deus deu tal glória ? (Hebreus 1:5-14). Agora para fecharmos o livro de Revelação (tinha mais para falar, mas ficaria muito grande esta nossa consideração), veja Revelação 21:6,7 "Disse-me ainda: está cumprido: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem tiver sede, de graça lhe darei a beber da fonte da água da vida. 7 Aquele que vencer herdará estas coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.". Quem é o Alfa e o Ômega ? Revelação 22:13,16 responde: "Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro, o princípio e o fim... ...Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas a favor das igrejas...". Não resta dúvida, Jesus não é um mero anjo (mensageiro). Ele é divino, ou parte da deidade divina. Para finalizar, vou fazer alguns paralelos entre Jeová (Yahweh) e Cristo. É muito interessante. 


Há um só Deus 


(1 Coríntios 8:6) 


Rei dos Reis e Senhor dos Senhores 


Em Deuteronômio 10:17, Jeová é chamado de "Deus dos Deuses e Senhor dos Senhores", e em Revelação 17:14 e Revelação 19:16 Jesus é chamado de "Rei dos Reis e Senhor dos Senhores", Compare com 1 Timóteo 6:14-16. 


Criador 


Em Jó 33:4, Isaías 40:28 e Gênesis 1:1 Deus (Yahweh) é o criador. João 1:3, colossenses 1:16-17 e Hebreus 1:10 dizem que Jesus é criador. 


Luz 


Em Miqueias 7:8, Isaías 69:20 e Salmos 27:1 Jeová é colocado como Luz, e Cristo aparece com a mesma descrição em João 8:12, João 1:9 e Lucas 2:32. 


Juiz 


Em Genesis 18:25 e Joel 3:12 Jeová é colocado como Juiz, e Cristo aparece com a mesma descrição em 2 Timóteo 4:1, 2 Corintios 5:10 e Romanos 14:10. 


Salvador 


Em Salmos 106:21, Oséias 13:4, Isaías 45:21 e Isaías 43:3,11 Jeová é colocado como Salvador, e Cristo aparece com a mesma descrição em Atos 2:21, Atos 4:12, Romanos 10:9 e Judas 25. 


Rocha 


Em êxodo 17:6, Isaías 17:10, 2 Samuel 22:32 e Deuteronômio 32:39 Jeová é colocado como Rocha, e Cristo aparece com a mesma descrição em 1 Corintios 10:4, Isaias 8:14 e 1 Pedro 2:5. 


O Primeiro e o Último 


Em Isaías 44:6; 48:12 e 41:4 Jeová é colocado como o "Primeiro e o último", e Cristo aparece com a mesma descrição em Revelação 1:17; 2:8; 22:13 (Alpha e Ômega – expressão grega equivalente a "primeiro e último"). 


Eu Sou (parte do significado de Yahweh) – Veja esta referência em outras bíblias por favor 


Em Isaías 43:10, Deuteronômio 32:39 e Êxodo 3:13-14 Jeová é tido como EU SOU (na TNM MOSTRAREI SER – tradução erradíssima) que na Septuaginta grega era a palavra EGO EIMI. Jesus se auto-intitula em diversos versículos como EGO EIMI – Veja (se tiver a tradução interlinear) João 8:24; 8:58; 13:19 e 18:5 (compare os textos em negrito na tradução de referências grande da Sociedade (onde consta que a expressão de êxodo 3:14 na Septuaginta é EGO EIMI) com a Interlinear (que usa EGO EIMI quando Jesus diz "antes de Abraão vir a existência Eu SOU (EGO EIMI)). 


DEUS 


Compare estas passagens Isaías 9:6. João 1:1, João 20:28, 2 Pedro 1:1, Tito 2:13, Jeremias 23:6, Hebreus 1:8 com Jeremias 32:16, Isaias 43:10, Isaías 45:22, que é citado em Filipenses 2:10, Isaías 44:24 e Gênesis 18:1,14. 


Conclusão: Se há um só Deus (1 Coríntios 8:6) e o próprio Jesus é tido como Deus em vários versículos da bíblia. Se ele não fizesse parte da deidade divina, os cristãos seriam politeístas ao adorarem a Jesus (outro Deus). Mas se Deus é um só (personificado por três componentes) os cristãos não podem ser chamados de politeístas. Vou dar um exemplo claro do nosso dia-dia. Você resolve abrir uma empresa, uma pessoa jurídica. Convida mais dois amigos seus para fazerem parte da sociedade. A empresa, pessoa jurídica, é uma só, composta de três pessoas físicas. Deu para entender ? Portanto, Deus é uma entidade composta de três pessoas distintas entre si, com diferentes funções a desempenhar. Por isso Deus se manifestou em carne (1 Timóteo 3:16). Daí, vemos que O Pai , o Filho (filho ou primogênito no sentido de ser herdeiro de todas as coisas) e o Espírito Santo eram chamados na antiguidade de Yahweh pelos Israelitas, e que Jesus é parte da divindade chamada de Yahweh (que significa EU SOU O QUE SOU (Grego: EGO EIMI HO ON), ou EU SOU/CAUSO O QUE SERÁ/VEM A SER), e não um mero anjo como alguns especulavam na primitiva congregação cristã.(Fonte: Irmão Brasil)

Diante dos argumentos acima, acreditamos ficar bem esclarecido sobre a real identidade do Arcanjo Miguel, que não foi, nem nunca será o Cristo, filho de Deus. Estamos, porém, ao dispor de alguma dúvida que venha surgir, a fim de esclarecê-la segundo o crivo da Palavra de Deus!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...