Pesquisa personalizada

quarta-feira, 5 de março de 2008

Afinal de contas, o que é mesmo pecado?


O QUE É O PECADO

O PECADO

360 vezes no Antigo Testamento
199 vezes no Novo Testamento

OS PECADOS

86 vezes no Antigo Testamento
74 vezes no Novo Testamento

OS PECADORES

16 vezes no Antigo Testamento
30 vezes no Novo Testamento




DEFINIÇÕES:

1 – O PECADO
Trata-se da Natureza Adâmica (herdada de Adão), ou seja, o Pecado Original - A DESOBEDIÊNCIA. Quando Eva preferiu obedecer a seu desejo, esquecendo-se que “ Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. (Gn 2: 16-17) De igual modo Adão, desobedeceu quando mediante o fracasso de Eva, não negou-se em satisfazer-se “ele também comeu”. (Gn 3:6). Logo, O PECADO vem a ser a natureza atual do homem, o imperdoável, quando Jesus não veio perdoar O PECADO, e sim perdoar OS PECADOS (Conf. Mt 9:6, Mc 2:7 e 10, Lc 5: 21 e 24, I Jo 1:9). Em nenhum local da bíblia encontraremos a expressão “Perdoar Pecado” ou “Perdoar o Pecado”, haja vista esse não ser perdoável, ou seja, a desobediência humana não tem perdão! A Seguir compreenderemos melhor essa definição.

2 – OS PECADOS
Tratam-se dos atos cometidos pela raça humana por causa do pecado. A Desobediência Humana levou a espécie a cometer atos que transgrediam diretamente a ordem Divina, bem como, a deturpação daquilo que é puro, podemos ver isso no momento em que ambos comeram do fruto proibido e seus olhos foram descobertos:
“Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais”. (3: 6-7)
A bíblia não relata quanto tempo Adão e Eva passaram nus, não importando para esses tal fato, haja vista não terem se contaminado com nada de ruim, até então, quando isso acontece, passam a encarar algo normal de modo perverso, o que nos leva a entender que toda sua forma de pensar, agir e observar mudou, porém, não para melhor, mas para um prisma sujo, obsceno e repleto de LEIS. Do ato da desobediência surgiram conseqüências terríveis, como podemos observar:
16 E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a dor da tua conceição; em dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.
17 E ao homem disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida.
18 Ela te produzirá espinhos e abrolhos; e comerás das ervas do campo.
19 Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó tornarás.
(Gn 3: 16 ao 19)

Note que a Desobediência da raça humana levou toda a terra sofrer, desde o reino vegetal (vv18) até o topo da cadeia que é o homem (vv16, 17 e 19).


3 – OS PECADORES

Tratam-se de todos os indivíduos que descenderam de Adão, ou seja, TODOS, “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.” (Rm 3:23); através do Pai da Humanidade, fomos considerados PECADORES: “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram”. (Rm 5:12). Logo, “Se dissermos que não temos pecado nenhum, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós”. (I Jo 1: 8), e tem por pai o Diabo: “Vós [tendes por pai] o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira. (Jo 8: 44), de forma mais direta: Pecadores são os que cometem Pecados.

De posse desse conhecimento, podemos dizer que: DEUS AMA O PECADOR, MAS ODEIA O PECADO.

Usando a expressão O Pecado, Os Pecados e o Pecador, definimos que, o objetivo Divino, não é mudar a natureza das coisas (Pecado permanece Pecado), e sim restaurar o estado primitivo delas (O homem a imagem de Deus, Gn 1: 26, Lc 19:10).

Portanto, o que vem a ser o Pecado?

O Pecado é a lacuna que separa o homem de Deus, Por causa dele herdamos a morte, e a solidão espiritual (separação de Deus), é a nossa natureza, é o nosso homem exterior, somos nós mesmos (II Co 4:16).

Deus mandou seu filho para salvar o Pecador de si mesmo, pois seus atos o conduzirão a morte:
“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor”. (Rm 6: 23)
“Porque, assim como pela desobediência de um só homem (ADÃO) muitos foram constituídos pecadores, assim também pela obediência de um (JESUS CRISTO) muitos serão constituídos justos”. (Rm 5: 19) Leia o Capítulo 5 de Romanos.

Creio que por hora este resumo define bem o que seria o pecado.

Sem mais para o momento,



João Batista Gregório Jr.



Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...