Pesquisa personalizada

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Bispo D. Roberto Alves Cavalcanti e sua esposa assassinados em Olinda por enteado.


Tragédia! Enteado mata a facadas o "Bispo D. Robinson Cavalcanti" e sua esposa, em Olinda, Pernambuco. Segundo informações divulgadas no site“Genizah” Eduardo Olímpio, o assassino, vivia nos Estados Unidos há mais de vinte anos e enfrentava processo de deportação por envolvimento com drogas.  Ele estava em no Brasil há apenas 15 dias e pouco convivia com seus pais. A notícia também foi divulgada nesta madrugada no site oficial da Igreja Anglicana Diocese do Recife. Naquele momento, ainda não se dispunham de detalhes, apenas se informava que o crime ocorreu neste domingo 26/02/2012 por volta das 22h na residência do casal na cidade de Olinda – Pernambuco. Na manhã desta segunda-feira, às 08h 10m, o “Diário de Pernambuco” (com informações do repórter Eduardo Araújo da TV Clube) informou que, de acordo com a policia, o autor do crime é o próprio filho adotivo do casal Eduardo Olímpio Cotias Cavalcante, de 29 anos. O rapaz morava nos Estados Unidos desde os 16 anos de idade e teria voltado ao Brasil há cerca de 15 dias depois de ter sido preso no estrangeiro várias vezes por envolvimento com drogas e outros delitos.


Segundo o reverendo Hermany Soares, amigo da família, quando Eduardo chegou ao Brasil, ele foi buscá-lo no aeroporto e ainda no desembarque teria perguntado onde compraria uma arma. Ontem pela manhã, o rapaz saiu de casa, foi beber na praia e voltou à tarde. À noite ele foi visto amolando uma faca na frente do portão de casa. Por volta das 22 horas da noite, Eduardo começou a discutir com o pai, pegou a faca e começou a golpear o idoso. A mãe foi defender o marido e também foi esfaqueada.

O bispo Robison morreu no quarto. Já a mãe ainda foi levada para o Hospital Tricentenário, em Olinda, com uma facada no peito esquerdo, mas já chegou morta. 

Após o crime, Eduardo tentou cometer suicídio ingerindo uma substância não identificada e aplicando vários golpes de faca no próprio peito. Ele foi levado para o Hospital da Restauração (HR) em uma viatura da Polícia Militar. Eduardo estava passando por um processo de deportação.

*Com informações dos sites - Igreja Anglicana Diocese do Recife, Genizah e “Diário de Pernambuco”. 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...