Pesquisa personalizada

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Preconceito no Twitter demite!

http://4.bp.blogspot.com/_f5_poNdYa7M/SgRvPw3y-lI/AAAAAAAABQI/673A4vCY9xk/s400/bello+maranh%C3%A3o.jpg
Imagem - O sonho de Petruso: o Nordeste sendo afogado!

 Mayara Petruso é demitida após ataques a nordestinos no Twitter

Após a imensa repercussão dos ataques proferidos pela estudante de direito Mayara Petruso aos nordestinos no twitter, o escritório Peixoto e Cury Advogados, de São Paulo, onde a estudante estagiava, anunciou a demissão da estagiária.
Mayara é apontada como autora de uma série de comentários racistas no Twitter, feitos logo após as eleições, responsabilizando os nordestinos pela vitória de Dilma Rousseff (PT). “Nordestino não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!”, teria escrito a estudante no microblog. A declaração provocou reações dos internautas, que se posicionaram contra e, alguns, a favor. Mais tarde, ela cancelou seu perfil no Twitter, Facebook e Orkut. “Com muito pesar e indignação, [o Peixoto e Cury Advogados] lamenta a infeliz opinião pessoal emitida, em rede social, pela mesma, da qual apenas tomou conhecimento pela mídia e que veemente é contrário, deixando, assim, ao crivo das autoridades competentes as providências cabíveis”, afirma o escritório na nota que confirma a demissão de Mayara.

Está explícito que a Mayara não vem absorvendo os ensinamentos em sala de  aula, pois é inadmissível que uma futura profissional do Direito tenha um comportamento tão repugnante!
Mas esta “estudante” apenas fez evidentes os preconceitos já existentes por décadas e que nós, os nordestinos, enfrentamos em nosso dia-a-dia, inclusive em nossa terra, por existir muitas “Mayaras” ocupando a chefia de empresas  sulistas que se instalam aqui entre as nossas pernas, buscando profissionais de outros estados e nos oferecendo apenas vagas para limpar o chão e servir cafezinho.
Mayara Petruso, certamente não desenvolveu esta opinião sozinha, ela é fruto do meio onde vive, das coisas que ouve em família e na faculdade.
Espero que a justiça seja feita nos termos da Lei, e que este fato sirva de exemplo à tantos outro aprendizes de Hitler e Mussolini, preconceituosos que proliferam o ódio e racismo na internet.
Este crime feriu os brasileiros e, principalmente, os nordestinos que, com certeza, jamais esquecerão.


Jarlei Augusto, Jornalista

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...