Pesquisa personalizada

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Mestre, quem é o culpado?

 E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: 


"E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?" 

João 9:2


Quem errou? Perguntamos a Deus! Queremos ouvir a voz daquele que sabe todas as coisas para responder questões que estão nuas diante dos nossos olhos.


É fácil empreender-nos na busca pelo culpado, a fim de justificar uma falta ou outra, porém não nos tocamos que "Convém que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar." (João 9:4)


Cristo esclareceu este questionamento humano, e em poucas palavras falou que a culpa não reside naqueles que carregam o fardo, mas está nas mãos dos que sabem o que precisam fazer, mas não o fazem.


Nem sempre as obras de Deus vão manifestar-se de modo sobrenatural, por vezes o o espiritual apenas age de forma tão natural que passa desapercebido sua ação, porém o resultado da resolução traz consigo a essência da obra de Deus.


Tiago nos mostra isso quando em sua carta nos expõe a seguinte verdade:


"Se um irmão ou uma irmã estiverem necessitados de roupa e passando privação do alimento de cada dia, e qualquer dentre vós lhes disser: “Ide em paz, aquecei-vos e comei até satisfazer-vos”, porém sem lhe dar alguma ajuda concreta, de que adianta isso?"(Tiago 2:15-16)


"Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado." (Tiago 4:17)


Meus queridos, a obra de Deus é feita por nós! Devemos clamar ao Senhor, precisamos orar pelos enfermos e aflitos, porém, não devemos ignorar que o frio se combate com agasalho, a fome com comida, e o desamparo com abrigo. Queremos jogar para Deus ou para o aflito a responsabilidade do erro! E pecamos por saber fazer o bem e não no fazemos.


Quem pecou? Seus pais? Ele que sofre? Não! O aflito não tem culpa ou controle de seu momento de trevas, mas eles estão ali para que a Obra de Deus seja manifesta, e a hora de manifesta-las é agora, enquanto existe os potenciais alvos da gloria de Deus, e nós somos os responsáveis direto para a execução da vontade de Deus, "Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo." (João 9:5)


Vamos transformar nossos membros em ferramentas divinas! Vamos viver a obra de Deus! Vamos manifestar o milagre daquele que pode operar de forma sobrenatural e através de seus filhos, nós, os que aceitamos o Senhor Jesus pra sermos aceitos como filhos adotivos por Aquele que nos amou primeiro.


Como temos manifestado as obras de Deus? Estamos vivendo a fé do Filho unigênito? Estamos abençoando? Orando? Socorrendo? Abrigando? Saciando? Visitando? O que ele dirá naquele grande dia? Vinde benditos de meu Pai? ou Apartai-vos de mim, vós que pratique a iniquidade? Pois, quando não fazemos o bem que sabemos que deve ser feito ao próximo, negamos a Deus a execução de sua obra! (Mateus 25:33-45)


De quem pois é a culpa se alguém passa fome, se alguém está doente, se alguém está com frio, desamparado, deprimido, ou passando por qualquer dificuldade? a culpa é nossa por não manifestarmos a obra de Deus! pois Ele veio dar vida, e vida com abundância!!! (Jo 10:10) e nós somos os seus filhos, enxertados em Cristo para darmos muitos frutos! (Jo 15:16).


"Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros. " João 13:34-35

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...